quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

London

Conhecer Londres sempre foi meu sonho desde muito pequena. Em 7 de Janeiro de 2017, embarquei pra minha primeira de muitas viagens internacionais que virão. Sozinha, num país de língua e cultura diferentes, por minha conta e risco. Pra minha decepção, nada mágico aconteceu ao desembarcar na cidade dos meus sonhos. O ar continua o mesmo, as frustrações não foram superadas, ainda se come e se bebe da - quase - mesma comida. E foi ai que aprendi minha primeira lição: ficar o dia todo na cama, em qualquer lugar do mundo, não vai fazer da sua vida emocionante. Uma vida emocionante vai além de estar na capital da Europa ou no interior do Rio de Janeiro, se baseia em atitudes. Minha experiência aqui só começou a ser o que eu esperava que quando eu me abri pras pessoas, pras esquinas pitorescas, pros doces desconhecidos. Quando eu olhei um turco que mal fala inglês e perguntei se ele estava gostando da cidade. Quando entrei no metrô sozinha e me perdi das minhas amigas. Quando eu fiz amigas. Quando eu entendi que segurar a porta é mais que um gesto educado, é dizer que você se importa com o bem estar da pessoa. 
Só estou há dez dias em Londres e as lágrimas me vem aos olhos só de pensar no quanto do mundo ainda tenho pra conhecer. As pessoas são maravilhosas, cada uma com sua cultura e peculiaridade. Essa é uma vida que eu quero viver. 

Madrid


Muitas pessoas cruzam o saguão do aeroporto. Mulheres lindas que poderiam ter saído de um editorial de revista, homens apressados e judeus ortodoxos com seus cachos e cartolas. Crianças e nipônicos são iluminados pelas luzes das placas do duty free. Eu só vou ficar aqui por mais algumas horas. Pra onde todos eles vão? Será que estão de férias, felizes, à trabalho ou em lua de mel? Isso me faz pensar que a vida também é assim. Uns vão, outros vem. Uma infinidade de histórias conectadas em qualquer ponto do percurso, que tem a felicidade de se encontrar. 
elysemelo.com

Design por Butlariz