domingo, 4 de junho de 2017

Desejo

Eu tenho medo de algumas frases e outras eu prefiro não proferir. A iminência da perda me apavora e a mínima possibilidade que existe de você ir embora é algo que me devora, desespera e exaspera. Ver você partir vai me deixar sem ter um porto seguro para ir após uma tempestade no alto mar turbulento que é minha alma. Não subestime o poder da sua presença, a profundidade em que suas raízes estão fincadas em mim. Embora eu passe grande parte do tempo me fazendo de mulher forte e independente, eu sou como um bebê que chora a noite toda e não tem mãe para acudir. Minha lágrima é ardida e meu desespero é suado, em face da completa falta de certeza em todas as coisas. Você pode ser a minha certeza? Eu não aguento mais ouvir que tudo passa! Eu não quero que você apenas passe! Não quero que seja um beijo, não quero que seja uma transa, não quero que seja um dos meus casos. Quero que seja meu. Oh, deus do céu, desde quando tudo sobre o amor parece tanto sobre posse? Eu quero que seja livre mas que saiba exatamente onde pousar à noite. Que meus seios sejam sua cama macia e que meus cabelos sejam a fonte do perfume que você procura no seu travesseiro. Que minha voz seja a cantora da sua canção favorita e que meu corpo seja o lugar em que você sempre deseje estar. Que minha alma seja sua habitação e seu lugar seguro, que você entenda o quanto eu estou com você em todos os lugares ainda que eu não esteja fisicamente. Ah, menino... Se você soubesse quantos rios saíram do mel...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você é livre.

elysemelo.com

Design por Butlariz