sábado, 10 de junho de 2017

Venda de Garagem

Aviso aos navegantes: Elyse Melo não desistiu do destralhe! Muito pelo contrário, passei os últimos 20 dias meio ausente do blog porque estava organizando a 'Venda de Garagem'. Como o nome mesmo já sugere, organizei uma venda para amigos e vizinhos e vou vender roupas e objetos interessantes na garagem da minha casa. Além de ter as coisas do meu guarda-roupa, influenciei minha família e também amigos próximos a participarem com seus itens. 

Com o sucesso da primeira edição da Venda, já comecei a organizar a segunda edição. Com temática julina, ela vai acontecer no dia 8 do próximo mês, unindo forças com pequenos empreendedores locais e com a incrível Dani Almeida, tatuadora que vai participar do Flash Tattoo.

Para começar o destralhe...

Para começar, leia a Intervenção, onde eu falo um pouco sobre Minimalismo. Calma, não é uma seita. Garanto que vai te ajudar, como me ajudou. É essencial ter em mente que ter muitas coisas não vai te fazer feliz. O mundo moderno dita que ser feliz é ter muito conforto material, mas isso não faz sentido. A verdade é que não vamos levar nada dessa vida, exceto o que somos. Não levamos nossas casas, carros, roupas e milhares de sapatos para o outro lado. No fim, tudo que vai importar é o que você construiu por dentro. Sua bondade, caridade e caráter. Os momentos bons que você se alegrou e os ruins quando você chorou e aprendeu com sua dor. Coisas não são pessoas, não ame coisas. Use-as. Ame as pessoas. Você não consegue amar os dois ao mesmo tempo e quem sofre sempre são as pessoas, porque elas têm sentimentos. É constatar o óbvio? Sim, sempre será necessário repetir isso até que realmente entendamos o significado dessas palavras. Tudo passa, cabe a você decidir como tudo passará. Como você age para aproveitar o máximo de sua fortuna (acaso) na sua vida?

O que posso vender?

Basicamente, tudo que está em bom estado e que você não usou no último ano. Se você seguir uma ideia de closet compacto, que é o que eu indico, tudo fica mais fácil. Eu comecei um projeto de apenas 33 itens de vestuário por 3 meses, mas esse número pode variar. Com a autoimposição desse limite de peças, eu encontrei liberdade. Sei o que tenho e o que preciso comprar, assim economizo dinheiro e tempo.  

Nesse post, eu expliquei mais sobre o Project333 e sobre as categorias de roupas para guardar, doar ou descartar. Você pode considerar as roupas de doar, como vender e também reavaliar a pilha de guardar. 

Me siga no Instagram para novidades diárias e avisos de novos posts! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você é livre.

elysemelo.com

Design por Butlariz