domingo, 20 de agosto de 2017

Agora que tudo mudou...

A vida não é mais uma grande festa, recheada de oportunidades pulando da tela do computador e de convites para lugares cheios de bebidas e música. A vida não é mais um filme, onde todos os problemas desaparecem só de cortar ou pintar o cabelo. A vida não é mais uma idealização, o amor é real e, como tudo que existe, tem dois lados.



A vida adulta está na porta. A pressão para definir a profissão passou e eu fui atropelada por escolhas que talvez não sejam completamente de minha vontade agora. Seria mais fácil se eu realente soubesse. Mas sigo suspeitando que nesse mundo não existem grandes certezas e que todos esses adultos mais experientes que eu também atiram no escuro.

Eu vou embora. Dessa vez, não de mim. Vou embora da cidade que nasci e que tanto odeio e amo (às vezes). Ficarei 6 anos fora e sei que muita coisa vai mudar. E eu vou mudar também. Embora eu esteja morrendo de medo de mudanças terrivelmente irreversíveis, me preparo para esse momento há mais de 10 anos.

Mesmo que não fosse agora, eu iria embora. Pois não sou do tipo de mulher que nasce, vive e morre no mesmo lugar. Eu quero muito mais. O impulso místico de conhecer, arriscar e explorar são a unica coisa que escuto agora. Existem muitas outras energias por perto, aquelas que tentam minar a coragem. Outra coisa que me motiva é a vida do meu pai, tão dedicado em construir pontes para o meu sucesso, que não para mesmo as vésperas de completar 69 anos.

Eu vou, mas volto. Agora que tudo mudou e que eu tenho que tomar conta de mim e trilhar meu caminho. Sérias decisões. Deus queira que estas sejam as mais sábias. E se der errado, sempre há uma segunda chance para quem sonha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

elysemelo.com

Design por Butlariz