quinta-feira, 31 de maio de 2018

Ateísmo e Incredulidade: a Igreja falhou II


É sempre muito fácil ser como uma pedra dura, irredutível em suas opiniões e ser autocentrado a ponto de não reconhecer que toda história tem múltiplas facetas.

Por estar em constante aprendizado e evolução pessoal, como escritora e em Deus foi que decidi continuar a série “Ateísmo e Incredulidade” com a parte II do artigo “A igreja falhou”, que você encontra aqui.


Isso não é, de forma nenhuma, uma retratação. Isso é um alerta. Assim como meu primeiro artigo foi o grito desesperado de um coração massacrado, meu objetivo aqui é mostrar a luta incansável de homens e mulheres que decidiram responder ao chamado de Jesus e que constantemente levam “mordidas de ovelha”.

O trabalho incansável e solitário de anos e anos tem sido ameaçado pela apostasia. O que é apostasia? Em linhas gerais, é o abandono da sã doutrina dos Apóstolos e da clareza no Espírito.

Existe uma necessidade de se estabelecer, nas cidades brasileiras e especificamente em Cabo Frio, uma certa oligarquia gospel. Eu vejo isso acontecendo há vários anos, com vários pastores e congregações. A necessidade de aparecer, de pregar uma teologia de prosperidade mentirosa que não tem nada com o puro evangelho, de se mostrar um empreendedor de sucesso e um “Ungido” quando o teto é de vidro e a raíz é podre.

A Igreja brasileira falhou pois abandonou as escrituras e a simplicidade, se perdendo em shows, em sistemas e na morte que é achar que Deus deve acatar seus desejos. A espera por milagres que resolvam todos os problemas da sua vida NÃO é o evangelho de Cristo.

O seu pecado de estimação, aquele gostoso que ninguém sabe, não te incomoda porque a sua raíz está sendo sufocada por espinhos. O evangelho que você escolhe o que vai ou não seguir e o que você vai receber de Deus hoje não é o evangelho de Cristo.

Por mais que Cristo tenha vencido tudo na Cruz, pagado o preço da nossa liberdade, Ele mesmo avisou que teríamos aflições. Dizer que você vai vencer tudo que se levantar contra você sempre, no nome de Jesus, é MENTIRA. João 16:33 diz:


Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.

O Senhor nos concede vitórias, mas o cristão verdadeiro também morre de câncer. Isso não quer dizer que ele estava em pecado ou não creu no poder miraculoso do Cristo de Deus. Nossa promessa não é para este mundo, é para a Nova Jerusalém. Nosso corpo incorruptível não é esse, receberemos novos corpos. Assim diz em Filipenses 3:20-21:


No entanto, a nossa cidadania é dos céus, de onde aguardamos com grande expectativa o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, que transformará nossos corpos humilhados, tornando-os semelhantes ao seu corpo glorioso, pelo poder que o capacita a colocar tudo o que existe debaixo do seu pleno domínio.

Jesus não veio pra te deixar confortável na sua mesquinharia, na sua imoralidade sexual, na pornografia diária, no sexo fora do casamento, no desvio sutil de recursos que você faz na contabilidade da empresa, na sua vaidade ao pegar o microfone pra falar da sua conta bancária cheia, no seu desejo oculto de ser reconhecido e aplaudido pelos homens.

Ele veio pra tomar o trono na sua vida, mas você não quer levantar pro Rei se assentar no comando. Se você esperava doces palavras de amor, saiba que o amor que não merecemos foi morto, ridicularizado e torturado numa Cruz há 2 mil anos.


Eu reitero as palavras do primeiro artigo, com mais sabedoria e temor do Senhor nesse segundo. Desmoralizar a Igreja brasileira, difamá-la, não é meu objetivo. Os lobos já fazem isso muito bem, as ovelhas zumbi também.  Reconheço também que existem genuínos apascentadores estabelecidos por Deus nessa terra, jamais diria ao conhecer pessoalmente as pessoas que citei anteriormente na parte I desse texto.

Aliás, meu ateísmo e minha incredulidade eram mais a respeito dos cristãos do que da pessoa de Cristo. Como alguém que não o conhece vai se sentir bem perto de crentes que são como um lixão apodrecendo à céu aberto? O pecado fede, as aves de rapina estão pairando ao redor ansiosos pela oportunidade e abocanhar sua carniça.

Refaça seus votos com Jesus, expulse as aves de rapina assim como o pai Abraão fez ao estabelecer a aliança dele com Deus em Genesis 15:11. Durma agarrado com a palavra, se enconda na Cruz. O tempo é chegado, a hora de se levantar como um guerreiro forte e destemido está ai.

O mundo não vai melhorar, mas é possível que a presença dEle através da sua fidelidade transforme uma vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você é livre.

elysemelo.com

Design por Butlariz